Curva ABC para supermercados: o que é e como aplicar na prática

Curva ABC para Supermercados
Você sabe o que é a curva ABC e como o uso da curva ABC no supermercado é fundamental para as suas estratégias de preço e promoções?

O uso da curva ABC para supermercados ajuda a extrair informações relevantes para o controle de estoques e para a definição de uma inteligência de preços mais competitiva. Também é fundamental para nortear as ações promocionais. 

A curva ABC é uma metodologia importante para os supermercados, pois oferece uma base para classificar os produtos de acordo com a sua rentabilidade.

Saiba agora o que é a curva ABC, porque usar e como calcular. Entenda como gerenciar e priorizar esforços em itens que podem trazer um faturamento maior para o seu supermercado. 

O que é curva ABC? Para que serve e por que ela importa?

A curva ABC é uma metodologia de gestão usada para classificar e priorizar itens de acordo com a importância que eles têm no faturamento de uma empresa. Basicamente, ela norteia as análises das informações e facilita a tomada de decisão.

A curva ABC nasceu tendo como base o chamado “Princípio de Pareto”, ou “Regra 80/20”, que, no campo da economia, estabelece uma relação que observa que 80% das consequências advêm de 20% das causas. 

Se pensarmos neste conceito aplicado à gestão de estoques e supermercados, por exemplo, a regra se aplicaria à premissa de que, em média, 20% dos produtos são responsáveis por 80% da receita total.

A origem da curva ABC

Em sua origem, a “Regra 80/20” veio a partir do estudo realizado pelo cientista político, sociólogo e economista italiano, Vilfredo Pareto, que se propôs a analisar a questão da distribuição das terras em seu país natal.

Ele verificou que haviam muitas pessoas com poucas terras e poucas pessoas com muitas terras. Ou seja: 20% da população detinha a posse de 80% de terras.

Com o tempo, o Princípio de Pareto foi sendo aplicado em diferentes áreas, o que trouxe uma compreensão fundamental para a gestão e controle de estoques e para a área de venda das empresas, recebendo o nome de curva ABC. 

A curva ABC no supermercado 

Para o varejo e supermercados, o Princípio de Pareto aplicado à curva ABC, mostra onde os esforços devem ser direcionados. O objetivo é que eles estejam voltados aos itens e categorias que gerem resultados maiores em faturamento.

Para tornar mais fácil a compreensão, podemos entender que as letras “A, B e C” representam três categorias de produtos. Cada uma se refere ao potencial de gerar um faturamento maior, menor ou intermediário.

De modo geral, a curva ABC funciona assim:

  • Curva A: produtos que representam uma estimativa de que 20% de sua quantidade corresponde a 80% do faturamento. Devem receber, portanto, mais atenção no supermercado;
  • Curva B: produtos que representam 30% em quantidade e 15% do faturamento. Estes itens também demandam atenção especial;
  • Curva C: produtos que representam mais volume do que valor para os estoques. Eles correspondem a 50% em quantidade e cerca de 5% em faturamento

É importante dizer que a curva ABC permite uma análise dos produtos que mais impactam o negócio. Contudo, a relação de valores não é fixa, podendo variar. 

Outras possibilidades de relação para a curva ABC são: 60/30/10 ou 70/20/10. 

A análise da curva ABC no supermercado

Imagem da Curva ABC no supermercado

Seja qual for a situação a ser analisada, a curva ABC sempre mostrará que poucos produtos são responsáveis pela maior parte do faturamento do supermercado. É por isso que sua aplicação desta metodologia é tão importante. 

Desta forma, é possível identificar se um estabelecimento está com grande concentração de itens na Curva C, gerando pouca rentabilidade, por exemplo. 

A curva ABC nas estratégias de marketing dos supermercados

A curva ABC é preciosa para identificar os produtos com maior potencial de faturamento, por isso, deve guiar o marketing e o planejamento de ofertas nos supermercados.

A metodologia também deve pautar a forma de exposição dos produtos na loja, dando maior visibilidade aos itens classificados como A e B. 

Porém, isso não quer dizer que produtos que fazem parte da categoria C devem ficar escassos nas prateleiras.

Afinal, às vezes eles não trazem muito retorno financeiro, mas podem funcionar como chamarizes de clientes. 

  • Tudo sobre layout de supermercados. Quais são os principais pontos e como você pode melhorar o seu design e as vendas.

Como calcular a curva ABC?

Para calcular a curva ABC conte com a ajuda de uma planilha de Excel ou de um software com estrutura similar. 

Saiba como calcular a curva ABC em 6 passos:

1. Faça uma lista de produtos do seu estoque. Para cada item, multiplique a quantidade vendida pelo valor unitário.

ProdutoQuantidade vendidaValor unitárioValor total
Produto 128R$ 70,00R$ 1.960,00

2- Em seguida, defina as porcentagens referentes ao gráfico da Curva ABC que você irá utilizar. Por exemplo: regra 80/15/5;

3 – Para conhecer a participação de cada item na curva ABC, é preciso saber a participação de cada item no faturamento do seu supermercado em porcentagem. 

Neste exemplo, vamos imaginar que este valor total seja de R$ 168.460,00.

Então, agora basta dividir o valor do item pelo valor total de faturamento em vendas. Veja como ficaria a conta:

R$ 1.960,00 / R$ 168.460,00 = 0,011 x 100 = 1%

ProdutoQuantidade vendidaValor unitárioValor totalParticipação
Produto 0128R$ 70,00R$ 1.960,001%

4 – Para facilitar, organize sua planilha agrupando os itens da coluna “Valor Total” na ordem do maior para o menor valor;


5 – Agora, calcule a participação acumulada: a porcentagem do primeiro item será somada ao segundo, esse valor será somado ao terceiro e assim sucessivamente.

ProdutoQuantidade vendidaValor unitárioValor totalParticipa
ção
Participação acumulada 
Produto 0128R$ 70,00R$ 1.960,001%100%
Produto 1090R$ 300,00R$ 27.000,0016%83%

6 – Classifique os produtos como A, B ou C, conforme a regra previamente estabelecida: 80/15/5;

ProdutoQuantidade vendidaValor unitárioValor totalParticipa
ção
Partici
pação acumulada 
Classifica
ção
Produto 0128R$ 70,00R$ 1.960,001%100%C
Produto 1090R$ 300,00R$ 27.000,0016%83%A

A inteligência de preço na curva ABC

Saber calcular a curva ABC é importante. E, mais importante ainda é utilizar essas informações para tornar o seu negócio mais competitivo. 

Supermercados e varejistas podem usar o cálculo da curva ABC para monitorar seus concorrentes e, assim, tomar decisões ágeis, quanto às estratégias de precificação e venda dos produtos.

Para isso, esses estabelecimentos podem usar plataformas que apoiam a “Inteligência Promocional”, como a oferecida pela Datasales

Essas soluções agregam a inteligência artificial para “enxergar” um período longo de tempo e encontrar padrões de comportamento que uma pessoa não conseguiria fazer. 

A inteligência artificial é capaz, portanto, de encontrar nos dados oportunidades que, normalmente, não estão disponíveis a “olho nú”.

Tudo sobre curva ABC

Um breve resumo sobre tudo o que você precisa saber e aplicar no seu supermercado:

O que é curva ABC? 

A Curva ABC é um método que permite classificar as informações quanto ao seu grau de importância para o faturamento de uma empresa e/ou supermercado;

Por que usar a curva ABC?

Esse método permite facilitar as análises das informações e guiar a tomada de decisão com base em uma ordem de prioridades que separa os itens que agregam maior ou menor valor em faturamento; 

Como se aplica a curva ABC?

Basicamente, a curva é dividida em 3 patamares representados pelas letras A, B e C.

  • A classe representada pela letra “A” corresponde aos produtos que geram maior faturamento;
  • A classe representada pela letra “B”, corresponde aos produtos que geram faturamento intermediário;
  • E finalmente a classe representada pela letra “C”, corresponde aos produtos com menor faturamento. 

Onde é utilizada a curva ABC?

A curva ABC é muito utilizada na administração de empresas. Possui como finalidades principais o controle e a gestão de estoques e a análise da performance de vendas. 

A metodologia da curva ABC também serve para guiar os esforços em marketing para a promoção de produtos, além de nortear, de forma mais inteligente, a disposição dos itens nos espaços;

Como a curva ABC deve ser aplicada nos supermercados?

Resumidamente, além do controle de estoque e gestão de vendas, a curva ABC ajuda:

  • Priorizar as estratégias de marketing promocional; 
  • Reduzir o risco de escassez para os produtos da categoria A e B;
  • Fidelizar clientes com ofertas mais assertivas e que estejam alinhadas ao ritmo de faturamento do estabelecimento. 

Ganhe mais competitividade na curva ABC

Para isso, use plataformas de inteligência artificial, que podem oferecer insights importantes para: 

  • Ter mais assertividade nas promoções;
  • Entender o resultado das ações;
  • Criar ofertas segmentadas de acordo com perfil de cada cliente.

Conheça a solução de Inteligência Promocional da Datasales. Saiba qual produto ofertar, quando e por qual preço. 

1 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like