Quais são os principais indicadores para supermercados?

indicadores para supermercados
Você sabe quais são os principais indicadores para supermercados acompanharem a operação? Confira no nosso artigo os KPI’s mais importantes.

Os indicadores para supermercados são excelentes ferramentas que, se implementadas e acompanhadas da maneira certa, garantem o sucesso de qualquer estabelecimento.

Tais dados são responsáveis por mostrar os resultados dos objetivos e metas previamente estabelecidas, ajudando na identificação de ameaças e oportunidades.

Porém, tais informações devem ser constantemente atualizadas, a fim de que você consiga manter uma gestão eficaz e comprometida.

Desse modo, com esses indicadores em mãos, o empreendedor consegue analisar o desempenho do supermercado de forma objetiva, clara e estruturada, tornando mais fácil o planejamento de ações, o direcionamento da equipe e o alcance de resultados mais positivos.

Se você quer saber quais são os principais indicadores para supermercados para implementar no seu negócio, não deixe de conferir este conteúdo até o final. Mãos à obra!

Quais são os principais indicadores para supermercados?

Uma das razões que ajuda um negócio alcançar sucesso é o constante aprimoramento da inteligência focada nas estratégias competitivas.

Porém, não basta apenas saber o que fazer, sendo fundamental que o empreendedor conheça os indicadores de desempenho que necessita acompanhar.

Pensamos nisso, o presente conteúdo preparou para você os principais indicadores para serem implementados no seu supermercado. Veja a seguir!

1. ABC para vendas

Pode-se dizer que a venda é o maior objetivo de qualquer negócio, certo? Por conta disso, é fundamental analisar todos os seus aspectos de forma mais detalhada.

Nesse contexto, a curva ABC se torna uma ferramenta indispensável, já que é capaz de classificar todos os seus produtos de acordo com o fluxo de vendas, calculando o seu percentual em relação ao valor total de um determinado período.

De acordo com a Lei do Pareto, 80% dos efeitos são decorrentes de apenas 20% de suas causas.

Em termos práticos, isso significa que da quantidade de vendas, 80% se concentra em apenas 20% dos seus produtos.

Vale destacar que referido padrão é aplicado em qualquer negócio, independentemente do segmento que atua.

Sob a óptica dos supermercados, esse indicador ajuda você a identificar os produtos que equivalem aos 20%, a fim de que todas as suas equipes fiquem atentas nesses itens.

A título de exemplo, procure negociar um preço melhor com o fornecedor a fim de que garanta uma margem de lucro mais vantajosa, analisar a precificação dos seus produtos com a concorrência, conferir se o local para a exposição do produto é ideal, verificar como está o abastecimento do estoque, etc.

2. Quantidade de vendas

Acompanhar o volume de vendas ou o faturamento é uma das principais preocupações que todo gestor deve ter, já que é preciso saber o valor que o caixa está recebendo.

Desse modo, procure estabelecer comparações em relação ao mês anterior ou identificar os horários que costumam apresentar um pico maior de vendas.

Assim, você é capaz de identificar quais são as lacunas em seu modo de operação e, desse modo, adotar as medidas cabíveis para a solução do problema.

Vale destacar que esse indicador, o qual mostra que as estratégias de negócio passam pelo fornecedor e vão até à maneira como os produtos são expostos, é capaz de impactar consideravelmente na evolução ou declínio da operação.

3. Margem de lucro: um dos principais indicadores para supermercados ficarem de olho

Todos os negócios visam ao lucro, o qual deve ser devidamente medido e bem acompanhado.

Para colaborar com os empreendedores nessa tarefa, eles podem se socorrer ao indicador da margem de lucro.

Ele é responsável por mostrar qual é a diferença entre o preço de venda e de custo de um produto, ou seja, sua contribuição marginal.

O número que é encontrado se trata do valor que resta da venda de um item para realizar o custeio das despesas restantes do supermercado.

Uma análise detalhada de tais relatórios é fundamental para auxiliar o gestor na gestão de sua lucratividade.

Diversos empreendedores acreditam que a grande quantidade de venda de um estabelecimento de varejo já é o suficiente para garantir a sua rentabilidade.

No entanto, é nesse ponto que eles se enganam. O supermercado pode ter uma grande quantidade de vendas, porém, com uma baixa margem de lucro ou vice-versa.

Outra maneira de fazer essa análise é classificar os produtos de acordo com as famílias. Desse modo, é possível que você veja, ainda, a margem de lucratividade por segmento.

Vale destacar que é importante estar em posse de estatísticas corretas no momento de fazer a análise, a fim de que não prejudique as decisões a serem tomadas no seu negócio.

4. Ticket médio

O ticket médio é um indicador responsável por informar a média do valor da venda de cada consumidor, ou seja, o valor que ele gasta a cada compra no seu estabelecimento.

Como o supermercado é conhecido pelo alto fluxo de clientes, este indicador pode ser realizado através do volume total, ou seja, pela divisão do total de vendas pelo número de consumidores ou cupons de um determinado dia.

Compreender o quanto cada cliente gasta é essencial para implementar uma eficiente gestão das finanças, identificar o perfil comportamental e analisar os resultados das estratégias de marketing.

Além disso, esse indicador demonstra se os clientes estão fazendo compras grandes ou pequenas e como esse fator impacta no lucro do seu supermercado.

5. Suporte ao cliente

Outro indicador que se revela fundamental de ser acompanhado é o número de pessoas que frequentam o seu estabelecimento, ou seja, que entram e saem dele.

Para fazer essa medida, é necessário contar com o suporte de tecnologia. Hoje em dia existem diversos softwares que são capazes de realizar a quantificação de entrada e saída dos clientes em seu supermercado.

Desse modo, será possível que você identifique o perfil comportamental dos clientes no interior do estabelecimento e se eles conseguem encontrar todos os produtos que desejam ou se desistiram da compra por alguma razão.

Caso essa métrica se mostre alta, significa que é necessário realizar uma otimização no atendimento, na forma como os produtos são expostos, na variedade das mercadorias, etc.

Como a Datasales pode lhe ajudar nos principais indicadores para supermercados?

A Datasales é a plataforma nº 1 em automação de marketing para o varejo. 

Através dela você pode:

  • Criar automaticamente cartazes e encartes;
  • Planejar ações de criação e distribuição;
  • Distribuir propagandas e ofertas via redes sociais e whatsapp;
  • Ter e-mail marketing, SMS e Push Notification;
  • Ter um CRM para identificação dos clientes e das vendas;
  • Ter um clube de ofertas e um sistema de cashback;

Quer saber mais? Fale com um dos nossos especialistas clicando aqui.

8 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You May Also Like