Automação de marketing para o varejo: o que é e como funciona?

Automação de marketing
A automação de marketing para o varejo é uma forma de simplificar a criação e a distribuição das propagandas de ofertas do seu supermercado.

A ideia de automação de marketing para o varejo é uma resposta aos desafios enfrentados por diversos varejistas na hora de gerenciar a criação e a distribuição de propagandas de ofertas para supermercados, farmácias, hortifrútis e afins.

Os desafios enfrentados encaixam-se em categorias, como:

  • Pouco tempo para criar ou gerenciar a criação de encartes, cartazes, etiquetas e ofertas para redes sociais;
  • Necessidade de usar muitas ferramentas de criação complicadas;
  • Pouca uniformidade na criação entre diversas lojas de uma mesma rede.

Para resolver esses e outros desafios, é que a automação de marketing é importante.

O que é automação de marketing?

Automação de marketing é basicamente facilitar a execução de algumas rotinas e tornar mais ágil o processo de criação, distribuição e conversão no varejo.

No modelo padrão de criação, por exemplo, para criar um simples encarte é preciso ter conhecimento de ferramentas de criação e edição de imagem, boas noções de design e ainda um bom tempo de planejamento.

Já com o uso de um estúdio de criação automatizado, os cartazes, encartes, etiquetas e posts promocionais para redes sociais, podem ser criados com poucos cliques e em menos de cinco minutos.

No modelo tradicional, após a criação de cada peça, ou arte, é preciso carregar todas as imagens e informações de forma separada em redes sociais, como Instagram e Facebook.

Com um estúdio de criação, a distribuição pode ser também automatizada e realizada com poucos cliques.

O que pode ser automatizado no marketing do varejo?

Criação de encartes e artes no geral

Um dos pontos mais trabalhosos na hora de criar propaganda de ofertas para um supermercado, por exemplo, é a criação dos encartes. Pois criar um encarte exige:

  • Saber quais são os produtos que vão ser ofertados;
  • Saber qual é o preço de cada produto;
  • Pensar em um layout e um conjunto de cores para o encarte;
  • Usar uma ferramenta de criação gráfica para desenhar e validar os detalhes do encarte;
  • Colocar os produtos no encarte com preços;
  • Imprimir o encarte em uma gráfica;
  • Fazer o envio do encarte para os locais e distribuir.

Todos esses passos costumam ter um custo bem mais alto quando realizados de maneira frequente. Então, a criação de encartes e outras artes para o negócio é o primeiro passo que precisa ser automatizado.

O envio das ofertas para os canais de comunicação

O envio ou a distribuição das propagandas de ofertas para os clientes é geralmente o segundo ponto de mais desafio no marketing de um varejo, como um supermercado, ou um hortifrúti.

Um dos grandes desafios para as lojas de varejo, principalmente as menores, é lidar com uma grande quantidade de canais de distribuição de comunicação, como:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • WhatsApp;
  • SMS;
  • PushNotification e muito mais!

Esse acúmulo de canais e formas de distribuição exige que a pessoa que cuida da comunicação tenha conhecimento de uma vasta quantidade de ferramentas e estratégias.

Conversão ou mais vendas

As vendas, ou conversões, é uma parte do processo que também pode ser automatizada no marketing do varejo. Exemplos desse tipo de automatização são os e-commerce de supermercados e lojas de roupas.

Um segundo exemplo são as páginas especiais utilizadas para criar uma espécie de tabloide online para pequenos e médios supermercados.

No caso dos tabloides, ou páginas de pedido online, eles podem estar automaticamente ligados ao estúdio de criação, o que faz com que o trabalho de produção do encarte precise ocorrer uma única vez.

Insights ou dados das ações e vendas

Além da automatização da criação, do envio e de parte das vendas de um varejo, uma boa estratégia de automação de marketing pode incluir um CRM ou alguma outra forma de ter métricas e informações extremamente precisas sobre os clientes.

Por exemplo, um CRM para supermercados pode estar integrado com o checkout e captar todas as vendas assim que elas ocorrem. Quando o cliente que realizou a compra está cadastrado através de um clube de descontos, isso fica ainda mais simples e inteligente.

Os passos para automatizar o marketing

Na hora de automatizar o marketing de um supermercado, uma farmácia, um hortifrúti ou um açougue, é importante seguir alguns passos para que se tenha sucesso.

Dentre os passos mais importantes na hora dessa automação, temos:

  • Descobrir os gargalos da operação de marketing atual, como: criar artes/peças, encartes, disparar e-mails, enviar ofertas e promoções;
  • Levantar os custos atuais da operação de marketing: quanto é investido em criação, em mídia;
  • Decidir o que vai ser automatizado;
  • Escolher as ferramentas para criar as automatizações e resolver os gargalos, dando mais agilidade para o marketing;
  • Colocar o plano em ação.

Automação de marketing e inteligência promocional

A inteligência promocional é o uso de ciência de dados e inteligência artificial aplicados à decisão de quais produtos vão ser anunciados, por quais preços e para qual público.

Esse tipo de decisão é um dos que mais podem tirar benefícios da automatização.

Por exemplo, quando um produto é vendido em um supermercado e o consumidor passa no checkout, o supermercado pode registrar o CPF do comprador e usar isso para agrupar produtos em cestas de compras, e por pessoa.

Desse ponto em diante, toda a decisão de quais são os próximos produtos a serem colocados em promoção pode ser automatizada. A automatização de marketing neste ponto cria um cardápio de possíveis ofertas que o supermercadista pode utilizar da maneira mais estratégica possível.

Veja mais sobre: como escolher um sistema de inteligência promocional.

Automação de marketing e a metodologia FEED

A metodologia FEED é uma estratégia para agilizar a propaganda de supermercados e outros varejos de compras de alta recorrência, aqueles em que o cliente utiliza quase todos os dias.

Nesse tipo de varejo, a presença de promoções e propagandas de ofertas é constante, devido a grande concorrência, e ao fato de que o estabelecimento precisa vender todos os dias.

A metodologia FEED prevê um esquema de quatro tipos de ações ou alinhamentos necessários para aumentar, consideravelmente, os resultados do supermercado, que são:

  1. Frequência diária de propagandas;
  2. Encartes menores e com menos produtos;
  3. Envio multicanal;
  4. Dados assertivos sobre as ações.

Essa metodologia está perfeitamente alinhada com a automação de marketing, pois só é possível seguir a metodologia FEED com real qualidade, se as partes mais complexas e repetitivas do processo de marketing forem automatizadas.

Veja também: Conheça a metodologia FEED e mude para sempre a forma como você faz propaganda no seu supermercado.

Como a Datasales pode lhe ajudar na automação de marketing?

A Datasales é a 1ª ferramenta de automação de marketing para o varejo.

Com a Datasales, você pode:

  • Usar o estúdio de criação e criar e distribuir encartes em menos de cinco minutos;
  • Não é necessário conhecimento de design;
  • Você pode divulgar via Instagram, Facebook e WhatsApp em poucos cliques;
  • Temos centenas de modelos de encartes prontos e lançamos novos todos os meses;
  • Você não precisa ter conhecimento de tecnologia;
  • É possível criar um planejamento semanal das ações;
  • O sistema rastreia e mostra os dados a respeito de toda a divulgação.

A nossa plataforma é pensada exatamente para trazer simplicidade, velocidade e qualidade na criação e distribuição de propagandas de oferta para supermercados, açougues e hortifrúti.

Nós já nascemos com a metodologia FEED em nosso DNA!

Quer automatizar o seu marketing ainda hoje? Fale com um dos nossos especialistas clicando aqui!

1 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like