Como reduzir os custos de marketing de um supermercado?

como-reduzir-os-custos-de-marketing-de-um-supermercado
Saiba como reduzir os valores gastos mensalmente com o marketing do supermercado por meio da automação. Confira!

Antes mesmo de falarmos sobre como reduzir os custos de marketing de um supermercado, precisamos mapear o que são custos, o que são gastos e quais são as despesas, assim, é possível compreender melhor como fazer a gestão financeira do negócio de maneira mais integrada. 

Quando falamos sobre quais são os custos de marketing de um supermercado pequeno e médio, muitos destes estão conectados, por isso, confira neste post uma visão geral sobre esses custos no supermercado, assim, será possível entender melhor como o marketing pode ajudar com cada um deles. Boa leitura! 

O que são os custos no supermercado? 

De maneira simplificada, os custos tratam-se de todo investimento que um supermercado precisa fazer para produzir um produto ou oferecer um serviço. Sem esse investimento, não é possível dar início a um empreendimento ou seguir com as vendas. Normalmente, quando uma empresa precisa aumentar sua capacidade produtiva, os custos também aumentam. 

Os custos podem ser divididos em duas categorias: 

Custos fixos

São aqueles que não sofrem variação de acordo com os produtos ou serviços vendidos. Esses são valores que todo supermercadista já sabe que terá de arcar, e dentre os principais estão:

  • Salários
  • Aluguel
  • Água
  • Luz
  • Telefonia e Internet 
  • Marketing
  • Mensalidade ou taxas de maquininhas de cartão
  • Produtos de limpeza 
  • Serviços terceirizados periódicos 
  • Pagamento de licenças, e etc. 
Custos variáveis

Como o próprio nome já sugere, esses valores variam de acordo com a quantidade de produtos e serviços oferecidos pelo supermercado. São alguns deles: 

  • Produtos adquiridos pelo supermercado
  • Fornecedores
  • Serviços contratados pontualmente 
Gastos

Além dessas duas, precisamos também considerar os gastos como uma categoria, pois se tratam daqueles valores que a empresa não previu no orçamento, mas que são necessários serem utilizados para dar seguimento às atividades. 

Uma vez que não é possível prever os gastos, não é possível repassar esses valores ao preço final dos produtos e serviços, por isso, é importante que a empresa tenha um bom fluxo de caixa e saiba gerir bem o seu capital de giro. 

Saiba tudo sobre o tema lendo também: 

Alguns possíveis gastos no supermercado: 

Tanto os custos fixos, quanto os custos variáveis, podem ser reduzidos. No caso dos fixos como gás, aluguel, telefonia, embalagens e etc, é possível negociar juntamente aos prestadores de serviço, ou então, procurar por empresas que pratiquem preços mais ajustados ao orçamento do supermercado. 

No caso das taxas de cartão de crédito, o gestor deve estar sempre atento às novas negociações, pois qualquer valor reduzido já impacta diretamente sobre o caixa da empresa. 

Já custos como energia elétrica e água podem ser reduzidos com uma ampla conscientização acerca do consumo juntamente aos colaboradores. No entanto, apenas isso pode não ser o suficiente para abaixar as contas, e isso significa que os gastos, principalmente em energia elétrica, devem ser seriamente mapeados. 

Faça uma auditoria no supermercado e calcule as margens de lucro no setor de gelados, por exemplo. Esse tipo de ação pode poupar muito dinheiro do seu supermercado, pois muitas vezes, as empresas adquirem mais equipamentos de refrigeração do que são necessários, e esse pode ser um vazamento de dinheiro que está comprometendo o fechamento das contas sem que você perceba. 

Muitas vezes os cenários demandam a redução do quadro de colaboradores, e é importante saber quais realmente são necessários para a situação atual. 

Isso não quer dizer que você deve sobrecarregar seu quadro de funcionários dando múltiplas funções a eles, mas sim, que é preciso fazer um levantamento sobre cada atividade exercida por cada um dos colaboradores, em qual frequência e quanto tempo leva para fazer. Muitas vezes, uma atividade que pode ser executada por apenas uma pessoa, está sendo feita por duas que não estão fazendo o melhor uso possível do tempo. 

Além de todas essas possibilidades, é possível reduzir os custos também com o marketing da empresa. Muitos empreendedores vêem o marketing como um custo menos necessário, e isso é um erro. 

O que acontece com diversas pequenas e médias empresas é o investimento em marketing da maneira errada. Há também aqueles que acreditam que não é possível fazer marketing no supermercado com pouco dinheiro, o que também não é verdade. 

Para gastar menos com o marketing do supermercado, fazer as tarefas de maneira mais ágil e de maneira profissional, é preciso que as empresas que não possuem orçamento para estruturar um grande setor de marketing invistam na automatização dos processos, e é sobre isso que falaremos no tópico a seguir. Acompanhe!

Quais são e como reduzir os custos de marketing de um supermercado? 

Agora que você já viu de uma maneira geral quais são os principais custos fixos e variáveis de um supermercado, é o momento de entender como economizar nas estratégias de marketing do seu negócio. 

Normalmente, os supermercadistas investem entre  1% e 2% de seus faturamentos no marketing do negócio, e esses valores são utilizados para todas as ações de marketing que o supermercado irá realizar. 

Isso quer dizer que o seu supermercado fatura R$40 mil reais mensalmente, os custos previstos em marketing devem girar em torno de R$400 e R$800 por mês. 

Dentre os principais custos envolvidos no marketing do supermercado, estão: 

  1. criação de encartes
  2. criação para mídias sociais
  3. carro de som
  4. cartazeamento
  5. impulsionamento em rede sociais
  6. criação de etiquetas

O ideal é que o investimento em todos estes processos não ultrapasse 2% do faturamento mensal do supermercado, por isso, é fundamental encontrar maneiras de otimizar não somente o dinheiro investido nessas tarefas, mas também o tempo gasto para que sejam executadas, afinal: tempo é dinheiro. 

Para reduzir os custos de marketing de um supermercado, o primeiro passo a ser dado é reduzir o tempo gasto para executar as tarefas. Muitos empreendedores ainda fazem muitos processos de marketing de maneira manual, o que começa a se tornar um problema à medida que o negócio cresce. 

E é exatamente quando cuidar do marketing começa a ficar mais complexo, é que muitas empresas começam a se descuidar dos processos. Por isso, é fundamental conhecer a automação de marketing. 

O que é automação de marketing? 

Caso não tenha familiaridade com o termo, não se preocupe, pois não é nenhum bicho de sete cabeças. A automação de marketing nada mais é do que a utilização da tecnologia para automatizar, ou seja, tornar automático, as ações e tarefas de marketing, assim, é possível fazer tudo mais rápido e de maneira mais eficiente. 

O processo consiste, basicamente, em fazer de maneira automática todo o processo de criação e distribuição das suas comunicações para os clientes do supermercado. Para que você entenda melhor, confira abaixo as diferenças: 

modelo tradicional x automação de marketing 

No modelo tradicional de criação, o responsável pelo marketing precisa, para criar um simples encarte, cartaz ou post para redes sociais: 

  1. tirar tempo para fazer um planejamento organizado; 
  2. conhecer ferramentas de criação e edição de imagens; 
  3. ter boas noções de design e tecnologia; 
  4. postar em cada rede social separadamente. 

Já com a automação de marketing, é possível, de maneira efetiva, reduzir os custos de marketing de um supermercado. Isso porque é possível:  

  1. criar encartes, cartazes e posts para redes sociais à partir de modelos pré-prontos e personalizáveis de acordo com a sua marca; 
  2. promover posts nas redes sociais com poucos cliques, sem precisar entender os anúncios pagos de plataformas como Facebook e Instagram;
  3. segmentar os públicos que receberão os posts nas redes sociais; 
  4. encaminhar os posts para todas as redes sociais de maneira programável, automática e de uma só vez;

Muitos empreendedores cuidam do marketing de seus supermercados sozinhos, ou até mesmo com a ajuda de amigos, familiares e colaboradores. 

O tempo investido nessas tarefas costuma ser maior para aquelas pessoas que não possuem tanta afinidade com a criação de imagens, e por isso, muitos empresários recorrem à agências de marketing, ou até mesmo terceirizam a produção de conteúdo com freelancers. Quando se trabalha com a automação de marketing, o tempo e dinheiro investidos nessas atividades é muito menor. 

Para começar a automação de marketing no supermercado é preciso: 

  • Descobrir os gargalos da operação de marketing atual, como: criar artes/peças, encartes, disparar e-mails, enviar ofertas e promoções;
  • Levantar os custos atuais da operação de marketing: quanto é investido em criação, em mídia;
  • Decidir o que vai ser automatizado;
  • Escolher as ferramentas para criar as automatizações e resolver os gargalos, dando mais agilidade para o marketing;

Como reduzir os principais custos de marketing de um supermercado com automação de marketing: 

Veja abaixo como reduzir os custos com o marketing no supermercado nas principais atividades relacionadas à divulgação do negócio:

  • Economize na criação de encartes, cartazes, etiquetas e posts nas redes sociais

A automação de marketing ajuda a economizar com agências de marketing, designers e social media freelancers. Mas caso o marketing seja feito por alguém do próprio supermercado, é importante ter em mente que, ao automatizar, as horas de trabalho dessa pessoa podem ser melhor aproveitadas com outra tarefa. 

Todo supermercado precisa de divulgação constante dos seus produtos e serviços, por isso, a tarefa de fazer as propagandas é diária. Vamos considerar os encartes, sejam eles físicos ou digitais: você já pensou quanto você paga para uma empresa fazer seus encartes ou quanto tempo demora para que essa atividade seja feita por você ou alguém da sua equipe? 

Um dos pontos que dão mais trabalho na hora de divulgar ofertas e promoções são os encartes, pois essa atividade exige:

  1. saber os produtos ofertados; 
  2. saber os preços de cada produto; 
  3. pensar na arte do encarte, como o layout e cores; 
  4. utilizar uma ferramenta de criação gráfica para desenhar e validar os detalhes do encarte;
  5. inserir cada produto com seu preço no encarte; 
  6. enviar o encarte para uma gráfica imprimir; 
  7. enviar os encartes para para os locais e distribuir.

Realizados de maneira diária ou semanal, esses passos costumam gerar altos custos aos supermercadistas, pois isso, a criação e distribuição dos encartes é o primeiro passo a ser dado. 

Com a automação de marketing, tanto a criação quanto a distribuição deste material serão realizadas sem que alguém precise passar por todos esses processos. 

Aqui, é importante ressaltar a importância dos encartes digitais para reduzir os custos de marketing de um supermercado. Este material pode ser enviado aos clientes via WhatsApp, Instagram, Facebook e demais canais de comunicação digital que sua empresa oferecer. Além de permitir que seus encartes cheguem a muito mais clientes por meio da internet, os encartes digitais também economizam, e muito, com a impressão de material gráfico. 

  • Gaste menos com carro de som

Com a automação de marketing, até mesmo seus gastos com carros de som serão reduzidos. 

Se você colocar na ponta da caneta quantas vezes por semana faz ação de divulgação com carros de som, e qual é o valor de cada prestação de serviço, certamente não irá se deparar com um valor baixo. 

Este serviço, apesar de muito tradicional e de ainda apresentar bons resultados, tem um custo muito mais elevado e um alcance muito menor do que a internet. 

Muitos empreendedores supermercadistas já aliaram a estratégia de carro de som ao impulsionamento de publicações nas redes sociais, e muitos deles já inclusive deixaram de utilizar o tradicional meio de comunicação com os clientes. 

Com o impulsionamento, é possível fazer com que os conteúdos postados nas redes sociais sejam entregues aos clientes que você selecionar, sejam eles clientes próximos à loja, que morem na mesma cidade, que possuam a idade do seu público-alvo ou o que mais você desejar selecionar. 

O varejo já entendeu que para manter a boa competitividade, é importante alcançar os clientes onde eles mais frequentam: a internet. 

Complemente a sua leitura e veja também: 

Conclusão

Todo empreendedor deve conhecer desde as possibilidades de lucro, até os custos envolvidos na operação de um negócio. Uma boa gestão é caracterizada pelo bom uso dos recursos e pelo mapeamento de melhorias que, ao final do mês, farão com que haja mais dinheiro em caixa. 

Manter as contas sempre no azul não é fácil, e alguns custos são vistos como gastos por muitos gestores, como é o caso do marketing. Isso faz com que este processo, fundamental principalmente nas taxas de lucro do supermercado, seja feito de maneira mal planejada e com pouca qualidade, resultando em uma imagem negativa do consumidor perante a sua marca. 

Vimos que é possível reduzir custos em diversas áreas de um supermercado, e o marketing é uma delas. O processo de automação, para além de garantir maior qualidade e agilidade nas tarefas de marketing do supermercado, também reduz, efetivamente, os valores gastos em divulgação. 

Coloque em prática as dicas que conferiu aqui e faça uma avaliação profunda na sua empresa para verificar o que pode ser automatizado. Além disso, apesar do que muitos pensam, a automação de marketing não é algo apenas para grandes empresas. Muito pelo contrário: esse tipo de ferramenta e solução beneficia principalmente os pequenos e médios supermercadistas, que geralmente não tem orçamento para criar um setor profissional de marketing.

Quer saber como reduzir os custos de marketing do seu supermercado com a Datasales? Clique aqui e fale com um de nossos especialistas e saiba como automatizar o marketing do seu supermercado sem precisar saber de design ou tecnologia. #VemPraData

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You May Also Like