Ruptura de gôndola: o que é e como evitar?

ruptura de gôndola
Saiba o que é a ruptura de gôndola e aprenda a evitar este problema.

A ruptura de gôndola é ainda um desafio para muitos donos e gestores de supermercado. Mas, afinal, como evitar isso? Acompanhe a leitura deste post e aprenda mais!

Certamente, você que é do setor de supermercados, não quer perder por não ter os produtos certos para oferecer aos clientes, pois isso significa perda de vendas. Saiba mais sobre este assunto!

Ruptura de gôndola: o que é e por que acontece?

A ruptura de gôndola ocorre quando não há produtos para venda na gôndola, seja por falta de abastecimento ou má distribuição dos produtos dentro da loja.

Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), 42% das perdas nas vendas ocorrem por falta de produtos nas gôndolas.

E quando isso ocorre, você abre espaço para o cliente buscar o concorrente. Vamos entender melhor como a ruptura acontece?

Um estudo da Nielsen mostrou, inclusive, que há algumas tomadas de decisões por parte do cliente, quando ocorre essa lacuna, que podem ser estas:

  • Ele procura outro estabelecimento;
  • Compra outra marca;
  • Compra um produto similar;
  • Desiste da compra.

Percebe que as consequências não são nada vantajosas?

Esse problema ainda pode ocorrer devido à falta de reposição das gôndolas, mesmo tendo o produto no estoque. Por isso, a equipe deve ser orientada sobre este ponto.

Em um estudo da Nielsen, os pesquisados (37%) disseram que procurariam o produto em outro estabelecimento. Então, vamos ver como evitar isso? 

Leia também: Ruptura de estoque no supermercado: tudo o que você precisa saber.

Ruptura de gôndola: como evitar?

A ruptura de gôndola pode ser evitada, saiba como fazer isso, acompanhando nossas dicas de hoje:

1 – Tenha um planejamento

Os gestores de empresas, de modo geral, todos devem saber o quanto é importante trabalhar em cima de um planejamento feito de modo antecipado.

Um planejamento bem feito, com base em pesquisas e analisando os dados gerados dentro do supermercado, ajuda a evitar rupturas nas gôndolas, pois, basicamente, seu estabelecimento vai determinar:

  • O que vender?
  • Quando vender (datas sazonais);
  • Quando repor os estoques (conforme a necessidade);
  • Quem fará as atividades relacionadas.

Então, se planejar, ajuda seu estabelecimento a se antecipar sobre incertezas, pois há como agir no tempo certo para evitar a ruptura na gôndola.

Aproveite e veja este conteúdo sobre como aumentar as vendas no supermercado.

2 – Adote um sistema

Um sistema moderno pode ajudar nesse processo, o que é importante para o lojista e clientes.

Como a tecnologia evoluiu, ela traz grandes oportunidades de uma gestão da gôndola mais eficiente e mais barata para seu estabelecimento.

Ao adotar um sistema próprio, há como acompanhar, em tempo real, o desabastecimento de produtos ou giro dos mesmos, e agir para tomar as devidas providências de reposição de estoques.

Além disso, ao contar com a automação de algumas tarefas, isso traz para seu estabelecimento uma rotina mais otimizada, o que abre espaço para que seu negócio foque no que é mais estratégico.

3 – Os setores devem estar alinhados

Por incrível que pareça, ainda vemos muitas equipes trabalharem de forma desintegrada, ou seja, o setor de logística, financeiro e compras, por exemplo, operando de modo desalinhado.

Então, se isso acontece em seu estabelecimento, providências devem ser tomadas. 

Isso porque, desde a identificação da necessidade de compras para a loja, a negociação com fornecedores, previsão de abastecimento, devem ser dados visíveis para o pessoal dos setores destacados acima.

Por isso, buscar esse alinhamento, bem com uma comunicação mais difundida, ajuda em compras mais eficientes, a ter uma gestão de estoque mais adequada e suprimentos no tempo certo para evitar perdas da gôndola.

4 – PAra evitar a ruptura de gôndola: utilize um CRM

Um sistema CRM (Customer Relationship Management) é importante, pois ele vai muito além de uma ferramenta que automatiza funções. Em um cenário tão competitivo, como o que temos hoje, ele pode ser um diferencial.

Isso porque o CRM:

  • Mantém os registros de compras feitas;
  • Identifica comportamento de consumidores, bem como produtos e cestas mais vendidos;
  • Traz um fluxo de informação sobre acontecimentos na sua empresa;
  • Filtra informações de compra de consumidores;
  • Identifica oportunidades de promoções e estratégias de conversão para o ponto de venda.

E tudo isso é bastante estratégico, pois haverá uma tomada de decisão baseada em dados, para evitar rupturas na gôndola, o que ajuda a gerar vendas recorrentes também.

Aproveite e veja agora tudo que você precisa saber sobre CRM para supermercados

5 – Análise de relatórios

Use os relatórios que lhe trazem os melhores KPIs (indicadores de vendas e estoques) por departamento ou categorias específicas. Essa atenção deve ser especial para produtos da curva A, aqueles que representam, em média, 70% do giro ou faturamento da loja.

Isso porque são estes produtos que mais trazem um reflexo negativo, quando o assunto é abastecimento das gôndolas. 

Olha que o prejuízo é tanto financeiro, quando ocorre o desabastecimento de produtos, quanto de experiência para o cliente, pois ele tende a ter uma imagem negativa da sua loja.

Por isso, os relatórios de KPIs devem ser lidos de modo estratégico.

6 – Treinamento da equipe

O treinamento da equipe é importante, pois de nada adianta ter o melhor sistema ou os produtos em estoque, se o time não sabe operar um sistema ou fazer a leitura de um relatório, por exemplo.

Por isso, a tecnologia, o treinamento do time, bem como um planejamento do que fazer para evitar ruptura na gôndola do supermercado, esses fatores devem estar em pauta e funcionando de modo harmônico.

Como dito, a ruptura no abastecimento pode ocorrer por uma simples disposição de produto nada estratégica dentro do estabelecimento. O que pode ser facilmente evitado, com o treinamento devido da equipe.

Ou até mesmo usando uma comunicação apropriada, como: colocando as placas que indicam onde estão cada categorias de produtos na loja.

Para finalizar, você conferiu neste artigo sobre a ruptura de gôndola: o que é, e como evitar.

Sabemos que o perfil do consumidor mudou, ele está mais disposto a trocar de fornecedor quando não encontra seu produto favorito. Por isso, não há como não fazer nada!

Aproveite e veja nossas soluções para seu supermercado, automatize funções e transforme-o em uma máquina de gerar resultados. Clique aqui e fale com um de nossos especialistas!

0 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You May Also Like